quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

da capital do capital

Washington!
É pequena, branca e quadrada. Pelo que eu percebo, as capitais mais recentes tem a mesma estrutura: construções quadradas e fortes! Mas foda-se né?
Atualmente a cidade está repleta de camisetas, posters, lapiseras, canetas, canecas, chaveiros, e todo e qualquer tipo de bugiganga do símbolo pop da cidade: Barack Obama! E vende! Como vende...
Nessa terra só não vende bosta enlatada... mentira... acho que vende também. Na semana do natal eu e a Naiara fizemos umas cestas e saímos vendendo na rua. Em 2 horas metemos 80 dolares no bolso, e só nao lucramos mais porque estava tão frio que tivemos que voltar pra casa. E quando eu digo que estava frio, acho que voces já podem imaginar. Por exemplo: na porta do supermercado uma mulher deixou cair uma garrafa de agua, em pouco tempo lá estavam funcionários do supermercado jogando sal no chão...
Voltando a Washington:
Lá se encontra a casa branca, que parece bem maior nos filmes, e bem mais bonita também, e eu até tentei encontrar um jeito de descrever ela, mas... eu juro, é uma casa, que é branca... que todo mundo sabe como é! Nao foi nenhuma surpresa. Só notei que era a dita cuja porque tinha uma placa escrito "The Withe House".
Na frente, bem lá na frente, tem o George Washington Monument, que é aquele imenso obelisco. Foi construido com tijolos vindo de todos os estados, na verdade, os estados que eram ricos na época. Ainda hoje chegam tijolos dos estados que nao haviam enviado (como o Alaska), mas eles não sabem muito bem onde colocam, ja que o monumento está pronto a muitos anos. (Interessante, essas bizarrices tem em todos os lugares). Lá de cima dá pra ver tudo: a casa branca ao norte, Lincon Memorial a esquerda, Capitolio a direita, pentagono ao sul.

O caminho que leva ao Lincon Memorial e ao Capitólio é repleto de museus, todos eles DE GRAÇA! Museu Nacional da História Americana, Museu da História Natural, Museu do espião, Museu do Holocausto, Museu da aviação e espaço, museu que não acaba mais! E pra cada um deles é bom tirar 1 dia iteiro. (tirando o da história americana que é chato pra cacet&$@...). Ainda não fomos em todos, mas eis os que passeamos:

Museu Nacional da História Americana

"Se não fosse o sr. e a sra. Blá, a America não existiria. Graças a estes 2 primeiros colonos que implantaram a sua casa no chão da suntuosa planície de oportunidades blahgrh blahrahAJDSLFJjadsjflajl ... "
Caralho... que museu chato! Para os americanos deve ser uma maravilha. Só! O museu mostra fotos dos primeiros colonos, conta como chegaram, qual pé colocaram primeiro, se escovavam os dentes de pelos de porco ou nao, fala que horas costumavam ir no banheiro, como era a casa, com quantos quartos, o que comiam.... cara... tem uma casa montada dentro do museu só pra ver como era a casa... Nem... muito chato! Só uma coisa me chamou atenção:



Uma propaganda que rolou aqui durante a 1ª Guerra Mundial, aquela que ninguém sabe porque cargas d'água aconteceu!
Imaginem uma pessoa nada modesta, é assim esse museu!

Museu da História Natural

Esse é muito bom! Com direito a T-Rex e mamutes.
É dividido em várias salas gigantes: Répteis, Mamíferos, Vegetais, Solos, Anfíbios, Homem das cavernas, Oceano, Minerais e Koreia (???).
Cada qual com a devida ambientação muito bem explicada e exemplificada. Esqueletos de dinossauros, animais bizarros empalhados, animais bizarros vivos, múmias, peixes. Só a parte da Koreia que realmente é meio "seilá". Tem ... coreanos... e fim!
Na parte dos minerais tem pedras de todos os tipos e do mundo inteiro, mas com 3 separações em destaque: India, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.
Mas o mais interessante é um animal antigo com o qual temos um parentesco:




Museu Nacional da Aviação e Espaço

O Mário iria dizer "Mama mia!", o Leonardo iria dizer "Santa Tartaruga!", o Pikachu iria dizer "Pika!", e eu disse um sinonimo disso quando entrei nesse museu.
Das primeiras as últimas cápsulas espaciais, trajes de astronautas, foguetes, e o chão todo babado.
Já de cara voce encontra o comando modular da Apolo 11, e nesse mesmo saguão, uma série de outras cápsulas que te faz entender porque os astronautas tem que ser baixos.
O museu conta a história dos 50 anos da era do espaço e como os EUA começaram atrás nessa corrida. Fotos, trajes e história de vários astronautas espalhados pelo museu, inclusive dos soviéticos, como o Yuri Gagarin, ilustram bem a parada.
Todos os aparatos usados na primeira (e para alguns, imaginária) ida a Lua, até mesmo aquele carrinho, no qual voce paga 5 dólares e pode dar uma voltinha... NOT!

Mas é isso ae! Post todo bagunçado com vários temas mesmo! e sem uma conclusão! Ainda tenho muito o que falar de coisas por aqui... afinal de contas, está chegando o Inauguration Day!
Beijos e abraços



Nenhum comentário: